A MAIS PODEROSA JOVEM NO CONGRESSO DESAFETO POLÍTICO DE DONALD TRUMP

World
Alexandria Ocasio-Cortez, é a parlamentar mais jovem americana de todos os tempos.

Desde que começou sua carreira política, ela se tornou desafeto político de muitos Republicanos, especialmente Donald Trump, por causa de se jeito desbravador, jovem e sem medo do que vem pela frente.

Foto: US House of Representatives

Levanta a voz para as questões ambientais, desigualdade social e financeira. Alexandria Ocascio-Cortez emergiu de uma simples candidata, que “fala muito” para uma promessa expressiva na atual política de esquerda americana.

É amada por muitos, e odiada por um punhado de gente por causa de atuação desconcertante no congresso.

A-O-C se auto-intiutla Socialista-Democrata e, arrasta uma multidão por onde passa. Ê para essa multidão a quem ela expõe suas opiniões, e fatos controversos, desconcertantes para os conversavadores.

ALEXANDRIA OCASIO-CORTEZ PODEROSA DESAFETO POLÍTICO DE DONALD TRUMP (Foto: Live Nation)
ALEXANDRIA OCASIO-CORTEZ PODEROSA DESAFETO POLÍTICO DE DONALD TRUMP (Foto: Live Nation)

De origem, pobre, trabalhava, como bartender, em um bar da grande Nova Iorque, quando decidiu concorrer as eleições para o congresso em 2018. Nascida e criada no Bronx, distrito novaiorquino, Alexandria, nasceu em uma família de imigrantes espanos.

Sem apoio político ou financeiro, Alexandria, se tornou um exemplo de determinação, conseguiu passar pelas eleições primárias vencendo seu oponente, do partido republicano.

Alexandria Ocasio-Cortez chegou ao congresso mais poderoso do mundo, aos 29 anos.





Com um jeito despojado, jovem e muito “questionadora”, muitos conservadores acreditavam que a vitória dela, seria como um assento perdido, para o Distrito de Nova Iorque.

Mas toda a concepção caiu por terra, quando Alexandria começou a atuar. Vem fazendo História, ganhando apoiadores, e deixando milhões de americanos com esperança de que algo novo, na política, vai acontecer.

Conhecedora de seu poder midiático, ela usa os espaços na mídia para levantar questões de interesse da massa, e não se intimida em desconcertar seus opositores no Congresso.

Logo em uma de suas primeiras audiências, livre de qualquer pressão, Alexandria Ocasio-Cortez questionou sobre as politicas públicas, de retorno financeiro a partir, das gigantes, da industria farmacêuticas.

Fez uma simples pergunta, crucial para o entendimento de questões sobre os investimento do setor publico, para a fabricação de remédios:

“Se o sertor público está investindo na produção destes medicamentos, o público está recebendo qualquer tipo de retorno direto?”

Quis entender sobre os motivos que levam essas grandes empresas, a não repassar, em forma de preços baixos, os investimentos vindo de fundos públicos.

Dr. Gerard Andersen, professor de gestão de saúde pública, da Universidade Johns Hopkins, uma das maiores pesquisadoras dos Estados Unidos, respondeu para a parlamentar: há um modelo, muito incomum, de repasse finaceiro, para alguns países investidores. Ele citou o Reino Unido como exemplo, mas em geral, nenhum orgão público financiador tem retorno.




Ela insistiu na pergunta, e ressaltou que o principal investidor inicial, para as pesquisas de novos medicamentos, é o público, já que grandes industrias dependem de financiamentos públicos para as pesquisas.

Dr. Aaron Kesselheim, Prof Adjunto da Faculdade de Medicina de Harvard, que também é uma grande pesquisadora da indústria, respondeu que não, não há repasse para os investidores com dinheiro público.

Segundo Ocasio questionou, esse dinheiro investido se torna privatizado, e grandes empresas lucram, em grandes proporções, com as descobertas.

Ela porém não concorda, e por isso, o intuito da jovem parlamentar, é trazer essas questões para o debate.

Tonar a população ciented o que, de fato, acontece com as finanças públicas, e questionar as razões que levam todo o sistema público ficar nas mãos de grandes empresas e empresários.

A mais jovem parlamentar americana, faz aqueles que outrora não acreditavam em seu potencial, engulir as próprias palavras. Se manifesta contra a qualquer questão que não seja de interesse da maioria.

Ambiciosa, Ocasio está seguindo uma agenda progressita, mas muito desacreditada. Como planos para um sistema de saúde universal para todos, e o incentivo a uma proposta de política econômica, destinada a buscar uma solução sustentável para os problemas da inflação e do desemprego.

Mas o projeto mais ambiciso de Alexandria, é a retomada do programa Green New Deal, um programa que busca implementar idéias modernas, como a energia renovável e a sustentabilidade de recursos naturais.

O New Deal é um projeto escrito, ainda no governo presidencial de Franklin Roosevelt, para solucionar os problemas da “Grande Depressão” econômica, que se instalou na década de 30. Projeto que visionou as mudanças climáticas e a desigualdade social e econômica entre os americanos.

O projeto foi reescrito por A-O-C, apoiada por um colega do partido Democrata, mas de acordo com os congressistas, esse é um projeto ambicioso, que o país não teria como financiá-lo.