EM FESTIVAL BIZARRO, JAPÃO CULTUA O PÊNIS

FALA GALERA

KANAMARA MATSURI: UM FESTIVAL QUE REVERENCIA O PÊNIS,  PARA CELEBRAR  A FERTILIDADE E A CONSCIÊNCIA SOBRE AS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSIVEIS

Ao contrário da crença popular, os japoneses que orgulham muito de seu …. “pinto”, ahamm isso mesmo. O que muitas sociedades escondem, o japonês mostra.

visitbeautifuljapan

O pênis do Japones é tão cultuado que até um Festival foi criado para ele, e acontece todos os anos na cidade de Kawasaki, nos arredores de Tokyo.

Acredita-se que o Kanamara Matsuri foi criado no século XVII para celebrar não apenas a fertilidade, mas também os casamentos duradouros, partos saudáveis e, atualmente, promover a conscientização sobre doenças sexualmente transmissíveis.

Diz a lenda que havia a famosa “vagina dentada” que castravam os rapazes nas noites de núpcias.

independent.co

A lenda também diz que havia uma mulher que teria uma vagina “dentada”, ela procurou a ajuda de um ferreiro para que ele fizesse um pênis de ferro que fosse capaz de quebrar os dentes, que ela acreditava ter, em seu demônio interior. Assim protegeria o pênis de seu futuro pretendente.

É por isso que na cidade de Kanamara há um santuário dedicado ao ferreiro e, com o tempo, aos “profissionais do sexo”. Foram eles, os que saíram em procissão, e oraram pela proteção contra doenças sexualmente transmissiveis.

gazeteinsan.com

Kanamara Matsuri tem um significado belo e muito profundo que é a fertilidade de homens e mulheres. O Kanamara é apresntado para o mundo como se fosse apenas uma peculiaridade dos japoneses.

Mas na verdade, é um assunto religioso sério, ligado à religião xintoísta do Japão, a religião que ama a natureza. Mas como todo festival, tem suas tradições e também bizzarices.

O sábado anterior ao festival, são oferecidos aperitivos de arroz grelhado na forma de yin e yang, que representam a energia masculina e feminina.

visitbeautifuljapan

Na manhã seguinte, uma grande fogueira é acesa e muitos aperitivos são servidos. Para as 11 da manhã o festival começa oficialmente.

Sardinhas secas e saquê japonês são servidos para dar sorte. Por volta do meio-dia, o omikoshi, um gigantesco altar de pênis rosa, é levado ao santuário de Kanamara, pouco antes do desfile.

E esse não é o fim do Kanamara Matsuri, pois ainda tem uma procissão que começa por volta de uma hora da tarde.

Alamy

Naquele momento, homens vestidos de mulher com quimono rosa carregam as estátuas rosa de pênis eretos. A energia e a grande alegria, naquele momento, é a adoração ao Yang (“uma vibração masculina”).

Os japoneses têm uma vibe muito divertida, na verdade é uma grande festa de rua, você até pode encontrar muitas vovozinhas sugando um pirulito, na forma de um pênis, e se divertindo com ele.

Todos os participante entram na alegria do festival usando boné, bonecos de pênis são erguidos

avexja
Timetravell
japanitalybridge