VOGUE ITALIANA E ACUSADA DE ESCURECER A PELE DA MODELO GIGI HADID

FASHION
Vogue Steven Klein

A Vogue Italiana foi acusada de “escurecer a pele” em sua última imagem de capa da modelo Gigi Hadid.
A imagem, tem a modelo Americana profundamente bronzeada nos braços do modelo masculino Justin Martin. Os dois foram fotografados por Steven Klein.

A modelo, aparece sensual, e está usando um macacão de lantejoulas de Dolce e Gabbana que parece mostrar “A Rainha de Copas de Alice no País das Maravilhas”.

Nas redes sociais, os fãs de Gigi, de 23 anos, estão reclamando que a modelo parecia irreconhecível e acusando a revista de alterar digitalmente seu tom de pele, o que é naturalmente pálido.

“Parece nada como ela, parece que ela exagerou no bronzeado”, disse um seguidor. Um outro seguidor mais sarcástico do Instagram disse: “Por que contratar uma modelo negra quando podemos pintar o corpo e o rosto completos de Gigi para parecer um…” e muitos outros comentários acusando a revista escurecer a pele da modelo, como: “Eu te amo, mas wtf é essa bagunça”.

Não é a primeira vez que a Vogue Italia e a modelo são acusadas de usar um tom de pele escurecida em uma capa da revista. Em novembro de 2015 Gigitinha sido fortografada por Steven Meisel, quando atraiu varias críticas em torno do trabalho. Para aquele momento, a filmagem da capa – apelidada de “O poder da personalidade” – mostrava Gigi Hadid exibindo um tom de pele visivelmente mais escuro enquanto usava várias perucas estilo afro.

fonte: news.com.au